terça-feira, 20 de setembro de 2016

Coligação de Terenos vai ao TRE pedir investigação sobre notícia falsa


PF pode investigar montagem falsa que viralizou nas redes sociais
A coligação “Todos por Terenos”, encabeçada por Dr. Renato, o médico Renato Diniz Santiago, candidato do PSDB à prefeitura de Terenos, informou que na tarde desta segunda-feira (19), ingressa no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) com pedido de investigação contra os responsáveis pela publicação de uma notícia inventada, que teria sido produzida pelo Jornal Midiamax, e que fora compartilhada nas redes sociais, no sábado (17).
A falsa notícia, que viralizou nas redes sociais, insinua que a atual prefeita, Carla Castro, do PMDB, estaria desviando recurso público para irrigar a campanha de Dr. Renato, seu primo e que disputa a Prefeitura de Terenos pelo PSDB. 
O caso virou ocorrência policial, já no sábado (17), dia da divulgação.
A coligação do Dr. Renato, informou por meio de sua assessoria de imprensa, que a denúncia segue para o TRE e que há a possibilidade de o assunto ser tratado pela Polícia Federal, que tem competência para apurar crimes eleitorais. 
Em Terenos, três candidatos disputam o mandato de prefeito: além do Dr. Renato, estão no páreo os concorrentes Baratão (Clenilson Silvério de Souza), do PRB e Donizete Barraco, o Sebastião Donizete Barraco, do PMN.
Até agora, segundo o TRE, Dr. Renato foi o que mais arrecadou recursos para a campanha. Foram juntados R$ 58.6 mil, R$ 25 mil dos quais ele tirou do bolso e R$ 10 mil de doação da prima, a prefeita Carla, no caso.
Donizete Barraco, o concorrente do PMN, arrecadou R$ 21 mil e Baratão do PRB, R$ 1 mil.
Erros
A matéria espalhada pelas redes sociais teria sido produzida pela reportagem do Jornal Midiamax, uma tapeação. Este jornal não havia divulgado até agora nenhum material político sobre Terenos, muitos menos envolvendo denúncias eleitoreiras.
Além disso, o publicado nas redes sociais usa fontes diferentes do sistema usual do Jornal Midiamax. A quantidade de caracteres no título e sub-título são incompatíveis com o formulário oficial de publicação de material jornalístico.

Postado por Carlos PAIM

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial